Aulas online: professores usam a criatividade para atrair a atenção dos alunos

Aulas online: professores usam a criatividade para atrair a atenção dos alunos

Embora o meio online seja um desafio para professores acostumados com o ambiente físico de sala de aula, é possível se beneficiar da internet criando aulas imersivas e interativas

As aulas presenciais foram suspensas no dia 11 de março, como parte das medidas de enfrentamento da Covid-19 em todo o Distrito Federal. Escolas particulares tiveram de adotar às pressas o ensino à distância, já na rede pública, as aulas retornarão oficialmente na segunda-feira (29) por meio da plataforma on-line da Secretaria de Educação.

A transição do espaço físico da sala de aula para o online está sendo um desafio, tanto para professores, quanto para alunos que tentam se adaptar as novas metodologias do ensino à distância. Apesar das dificuldades em entender esse novo formato, alguns professores e instituições conseguiram inovar no processo de aprendizagem online e dão o exemplo para educadores que se preparam para a volta às aulas na rede pública.

“Uma das preocupações de nós, professores, é com a interatividade durante as aulas. Para incentivar a participação dos alunos eu utilizo quiz online, que permite que os estudantes respondam as minhas perguntas. Também me preocupo em trabalhar bastante a memória visual, por isso busco desenhos animados que complementem o conteúdo”, comentou o professor de História do Colégio Objetivo DF, Daniel Magalhães.

Tour virtual

Para aulas de Geografia, História, Artes Visuais e até Biologia, tours virtuais podem ser um diferencial para sair do Power Point e tornar a aula mais dinâmica. Vários espaços, como o Museu do Louvre, a Muralha da China, a Floresta Amazônica e o Zoológico de Brasília já permitem visitas imersivas online.

“Levei meus alunos para fazer um tour virtual em Auschwitz enquanto estudávamos a Segunda Guerra Mundial. Pedi para eles apagarem as luzes de onde estavam, coloquei uma música de suspense e fui explicando a realidade de milhões de judeus durante aquele período. Tudo isso para tentar tornar a aula mais inteligível e interessante para o estudante”, relatou o professor Magalhães.

Tecnologia a favor da educação

As aulas de Robótica e Física do Colégio Objetivo DF também estão com um formato inovador e, felizmente, são muito bem recebidas pelos alunos. “Implementamos a semana da Física em que abordamos diversos tópicos sobre a matéria. O educando não viu qualquer cálculo durante toda a semana, mas aprendeu na prática”, relatou o coordenador de ensino de tecnologia, Murillo Oliveira.

A criação de um ambiente imersivo também é um diferencial no ensino de tecnologia. Para despertar um maior interesse dos alunos, os professores fizeram os alunos se sentirem dentro da espaçonave Dragon, da Space X, enquanto explicavam o lançamento da mesma, que ocorreu no dia 30 de maio.

“Já no segmento das séries iniciais, o ensino de tecnologia se dá por ferramentas mais operacionais: a criança brinca com a família enquanto aprende conceitos básicos de tecnologia e lógica passados na sala de aula online”, finalizou o coordenador de ensino de tecnologia.

CATEGORIES
TAGS
Share This

COMMENTS

Wordpress (0)
Disqus (0 )