Os desafios dos pais na alimentação infantil em tempo de quarentena

Os desafios dos pais na alimentação infantil em tempo de quarentena

Coordenadora do curso de Nutrição da Estácio Brasília traz 13 dicas para ajudar os pais a estimularem as crianças a formarem hábitos saudáveis

Ainda não existem previsões para o retorno das atividades escolares, e, diante desta situação de pandemia, aumenta a preocupação dos pais com relação a saúde de seus filhos.

Uma das formas para manter a saúde em dia é ter uma alimentação saudável e equilibrada. Nesse contexto, o período de quarentena pode ser uma excelente oportunidade para manter o sistema imunológico fortalecido, além de contribuir para a formação dos hábitos alimentares saudáveis.

Vários estudos apontam que a formação dos hábitos ocorre na infância, daí a importância das crianças aprenderem, desde cedo, a ter uma alimentação saudável e equilibrada. 

Considerando esse novo contexto em que as famílias estão reunidas em casa, a professora e coordenadora do curso de Nutrição da Estácio Brasília, Cybelle de Aquino, elaborou 13 dicas para que os pais estimulem suas crianças a formarem hábitos saudáveis:

  • Organize a rotina alimentar na família: estabeleça horário para as refeições;

  • Planeje as compra, organize a geladeira e a despensa: explique para as crianças a importância da elaboração da lista de compras e como fazê-la (organização do cardápio). Reforce que as crianças podem e devem participar desta atividade, de modo a envolver todos os membros nesse processo;

  • Envolva as crianças no preparo das refeições. Solicite que as crianças façam tarefas como ler receitas, untar as formas, esticar as massas e quebrar os ovos;

  • Apresente e estimule as crianças a provarem novos alimentos. Fale sobre as cores, texturas e sabores, sobre a importância para saúde e crescimento dos ossos;

  • Faça as refeições em família. Esse momento pode ser de muito aprendizado e afeto;

  • Deem exemplos positivos: Degustem alimentos saudáveis escolhidos pelas crianças e as incentivem a comerem com calma e com atenção;

  • Fale sobre a importância de fazer refeições com a presença de vários grupos alimentares (arroz, massas, carnes, legumes, verduras e frutas);

  • Ofereça uma alimentação variada em tipos de alimentos e modos de preparo;

  • Estimule a criança a ter autonomia a fazer suas escolhas alimentares, deixando de lado as chantagens e recompensas;

  • Deixe os alimentos saudáveis como frutas e água disponíveis;
  • Faça refeições em grupo. Estas quando realizadas com os irmãos ou familiares são mais efetivas, pois a criança tende a copiar as atitudes de seus pares por meio da observação;

  • Evite o consumo e a oferta de alimentos ultraprocessados como os doces, salgadinhos, embutidos, chocolates, balinhas e demais alimentos industrializados;

  • Estimule as crianças a terem outros hábitos saudáveis como: lavar as mãos, escovar os dentes, dormir no horário correto e fazer exercícios.
CATEGORIES
TAGS
Share This

COMMENTS

Wordpress (0)
Disqus (0 )