Conheça o projeto social Escola de Pais que vem transformando a vida de famílias brasilienses

Conheça o projeto social Escola de Pais que vem transformando a vida de famílias brasilienses

Iniciativa conduzida pela Mestre e Doutora em Educação da Estácio Brasília Helen Lima, chega a sua VIII edição, desta vez em formato inédito sendo totalmente online

Nas últimas décadas, a sociedade assistiu às muitas e significativas mudanças que ocorreram nos modelos de organização social e familiar, principalmente na relação entre pais e filhos. Diante dos constantes desafios vividos pelos pais, começou a se tornar cada vez mais comum a busca de ajuda em consultórios psicológicos, ou mesmo na escola, a fim de obterem orientações profissionais que possam ajudá-los na tomada de decisões e conduções no que diz respeito a sua função.

 

Com o intuito de oferecer um espaço seguro para que as famílias pudessem compartilhar as situações do dia a dia, discutir, refletir e ouvir conselhos sobre possíveis atitudes e estratégias para poder ajudar os responsáveis a encontrarem alternativas para lidar com variadas situações, melhorar o relacionamento e a educação com os filhos, a psicóloga e filósofa da Estácio Brasília, Mestre e Doutora em Educação Helen Lima, criou o projeto de extensão Escola de Pais.

 

Neste ano, a iniciativa chega a sua VIII edição, desta vez em formato inédito pela plataforma Google Classroom, sendo totalmente online, em função do distanciamento social como medida de prevenção ao coronavírus. O projeto contará com quatro oficinas com temáticas diferentes: Compreendendo e lidando com os conflitos do adolescente; Não sou apenas pai/mãe: como lidar com os diferentes papéis e tarefas diárias?; Birra infantil: como lidar com este comportamento; e conflitos familiares e impactos no desenvolvimento infantil.

 

“O Escola de Pais foi desenvolvido para todos os pais que tenham interesse em compartilhar e refletir sobre suas experiências com os filhos. Além disso, também, temos a intenção de alcançar aqueles que vivenciam alguma dificuldade em relação aos filhos”, explica a coordenadora do projeto e professora da Estácio de Brasília, Helen Lima.

 

As inscrições estão abertas e vão até o dia 15 de maio, sendo totalmente gratuita. Os interessados devem se inscrever pelo link https://bit.ly/2yFdz3b. O conteúdo ficará disponível entre os dias 25 e 29 de maio, podendo ser acessado em qualquer horário e, para os pais que tiverem dúvidas e curiosidades, podem entrar em contato com o projeto pelo instagram @escoladep.

Para saber mais

A iniciativa tem como objetivo proporcionar às famílias, vivências e reflexões sobre seu papel no processo de desenvolvimento e aprendizagem de seu (s) filho (s) e sua relação com eles.

Para a professora, “outra vertente do projeto é criar espaços de diálogos onde a família e representantes dos núcleos pedagógicos das escolas possam articular conjuntamente efetivas ações de promoção conduta e partilhada do desenvolvimento infantil.”

Helen Lima explica que “nem todas as famílias se sentem preparadas para lidar com estas novas configurações e dinâmicas, diante disso expressam suas dificuldades referentes à tarefa do educar. Diante destas novas configurações familiares e desafios da contemporaneidade, muitos pais e mães se veem diante de desafios no exercícios de sua paternidade/maternidade e vão em busca de ajuda”.

Para a professora, é de extrema importância que os núcleos especializados em atenção familiar, deem um um foco a esses problemas, pois “ as dificuldades se tornam necessárias, uma vez que a inabilidade dos responsáveis em lidar com estas questões pode provocar impactos significativos sobre o desenvolvimento infantil”, pontua.

Sobre Helen Tatiana dos Santos Lima

Psicóloga, filósofa e professora, Helen Lima é especialista em educação inclusiva e psicologia escolar, sendo mestre e doutora em educação é responsável por algumas das disciplinas no curso de pedagogia da Estácio, além de ser diretora em estudos em educação e ética na Rede Internacional de Excelência Jurídica do Distrito Federal e professora formadora na escola de aperfeiçoamento dos profissionais de educação em Brasília. A profissional também já foi coordenadora do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicopedagógico da Estácio e coordenadora do serviço especializado de apoio à aprendizagem da Secretaria de Educação.

CATEGORIES
TAGS
Share This

COMMENTS

Wordpress (0)
Disqus (0 )